“BELIZE” Para os amantes da Natureza e Mergulhadores

Belize

Para os amantes da Natureza e Mergulhadores.

Dentre elas, a segunda maior barreira de corais do mundo (a primeira está na Austrália) e a maior do ocidente, além do fantástico Blue Hole, um grande buraco azul de 145 metros de profundidade rodeado por um atol coberto pelo mar azul.

As lindas praias de Belize no mar do Caribe são famosas pelas águas azuis turquesa, mas Placencia e Ambergrys Caye são os locais mais famosos, com diversas atividades para o dia e durante a noite.

As praias de Ambergrys são mais estreitas, porém com areia branca e fininha, enquanto as praias de Placencia parecem um cartão postal, embora a areia seja mais escura e mais áspera.

AMBERGRIS CAYE, muitas vezes referida apenas como San Pedro, é a maior ilha, ao norte de Belize. Colonizada por mestiços do México é o destino mais popular em Belize. Está localizada a menos de um quilômetro da segunda maior barreira de corais do mundo e oferece formas variadas de exploração, como mergulho, pesca esportiva, snorkeling e até campos de golfe nas ilhas próximas.

Tem  várias lojas espalhadas pelas ruas estreitas, asfaltadas com paralepípedos, algumas até sofisticadas;  muitos bares para ouvir música ao vivo e alguns restaurantes com comida local e internacional.

Placencia, ao sul da cidade de Belize, com suas águas transparentes, é conhecida pela tranquilidade de suas praias e convida ao mergulho e à prática de snorkel.

Um Festival de Chocolate em Punta Gorda, no distrito de Toledo que é a parte mais primitiva de Belize, com cidades e vilas, fazendas de cacau,  ruínas maias.

Como em Belize os transportes mais utilizados são o avião bimotor, barcos e ônibus, optamos por tomar um barco até Independence e de lá um ônibus direto para Punta Gorda.

O interessante é que no ponto inicial do trajeto sobem vários ambulantes vendendo de tudo. Mas o que mais me chamou atenção foi um vendedor de pizza que trazia um aquecedor dentro da embalagem tradicional de pizza. Ou seja, ele consegue vender pizza quentinha  durante o dia todo.

Em Punta Gorda, houve a Festa de Gala, abertura oficial da festa anual. Um grande evento para a cidade, com degustação de vinhos e cervejas locais e chocolates preparados com vários ingredientes.

Na rua várias barracas com as vendedoras vestindo trajes típicos, servindo comidas típicas. A maioria dos pratos leva feijão e abacate. Apresentações de dança, grupos folclóricos e muita música.

No domingo o encerramento da festa foi em Lubaantun, ruínas arqueológicas maias, onde havia barracas de comida, artesanato à venda e apresentação de artistas locais, com a temática maia.

No mesmo dia voei para Ambergrys Caye para ir ao Blue Hole. Como fazia bastante tempo que eu não mergulhava, tive que fazer uma aula de revisão, onde percebi que não tinha condições para descer ao fundo do Blue Hole. A descida tem que ser feita em até 08 minutos e de uma vez só. No fundo do buraco azul tem tubarões e formação de estalactites. No snorkel eu vi muitos peixes e corais.

Mergulhando ou fazendo snorkel,  o passeio de dia inteiro ao Blue Hole é muito interessante. São 03 paradas para curtir: The Blue Hole, Halfmoon Caye Wall e o Aquário (acho que conseguem imaginar porque tem esse nome: veja o peixe box, na foto à direita).

O Blue Hole é o maior buraco azul do mundo, e fica localizado a quase 100 quilômetros mar adentro da Cidade de Belize. Com forma de um círculo perfeito, tem 300 metros de diâmetro e atinge 145 metros de profundidade. Está localizado num atol que é um dos 3 maiores, denominado  LightHouse Reef. É circundado por uma barreira de corais, e na maioria das vezes é um lugar tranquilo para mergulhar.  As estalactites vistos no fundo  são consideradas as maiores já vistas em baixo da água.

Halfmoon Caye Wall é um muro com grande visibilidade. Tem uma variedade grande de peixes, esponjas, tubarões de recife, barracudas e moréias.

Depois do almoço é possível fazer uma caminhada para observação de pássaros. O chamado Boobie Bird Santuário  é a única área do lado Oeste do Hemisfério onde esses pássaros fazem seus ninhos para o nascimento desses lindos filhotes, de bico azulado e patinhas vermelhas.

Caye Caulker, é uma charmosa vila com ares de Caribe. A população é composta por Mestiços, e por uma crescente parcela de estrangeiros, na sua maioria canadenses.

Mesmo para quem não mergulha, vale a pena ir Caye Caulker, conhecida como a irmã mais nova de San Pedro, que começou  como uma pequena vila, com ruas de areia branca.

Belize não é só praia e mergulho.  Há as ruínas de Caracol, onde encontra-se a pirâmide de Caana, a maior do país, descoberta há pouco tempo. Destaque também para o pátio do Jogo de Pelota e o Templo de Dintel, uma belíssima estrutura antiga. Calcula-se que nesta área existam ainda mais de trinta mil estruturas construídas pelos maias.

 

 

Por Dina Barile

www.seaviewplacencia.com    

www.actiondiversbelize.com

Fotos: Dina Barile e Bill McGreer 

A colunista viajou para o destino

Sobre Luis Guilherme

View all Posts

LUIS GUILHERME ZENGA – Jornalista de formação, com 25 anos atuando na área, passou por diversas editorias desde Área Têxtil, Moda, Beleza, Comportamento, Cidades e Entretenimento. Há 15 anos escrevendo nas editorias de Gastronomia, como crítico gastronômico, Enogastronomia (Vinhos e Cervejas) e Turismo Gastronômico. Colaborador no GOOGLE MAPS, avaliando Restaurantes visitados e tendo mais de (Cinco milhões e trezentas mil visualizações comprovadas) até a data de 01/2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*