CAFÉ PAGÚ * UBATUBA/SP

AVALIAÇÃO CONCEITO DE LUXO

O Café Pagú é um pequeno restaurante em Ubatuba, litoral paulista, muito simples de aparência, onde se descobre uma culinária com toques de alta gastronomia.   

A direção da cozinha está nas mãos da chef Christine Bonnell, Americana, mora em Ubatuba desde 2010 e uma apaixonada pela culinária com toques naturais, ingredientes orgânicos, tempero e sabor da comida com detalhes especiais que fazem toda a diferença.

O restaurante tem também o comando dos sócios, Juan Blanco Prada e Thiago Duarte que ajudam tocar essa casa que se tornou referência de boa gastronomia caiçara.

Eu estive no restaurante almoçando e fiquei perplexo com a qualidade da comida. Tudo minunciosamente preparado com muito carinho e empenho. Vocês não fazem ideia do sabor, qualidade do peixe e apresentação dos pratos impecáveis!. Está localizado em um pequeno polo gastronômico de restaurantes que os turistas não conseguem imaginar a grandeza culinária do local.

Conversei com a chef Christine, tímida e delicada explica cada passo a passo dos pratos com uma calma que só uma talentosa chef pode ter essa paciência, amor ao que faz, para conseguir expor seu trabalho culinário com tanto empenho. Achei o máximo!

Chef Christine Bonnell

Em um pequeno grupo de jornalistas e influenciadores digitais, almoçamos no restaurante e iniciamos nossa degustação com um delicioso suco de poupa de juçara, limão e banana. Muito gostoso! Ah! Saiba que, a Polpa da Juçara é muito similar ao açaí originário da Amazônia, é extraída a partir dos frutos desta palmeira, é nativa da Mata Atlântica e está ameaçada de extinção.

Entradas: Sardinhas – empanadas com molho de manga e gengibre – Muito bem preparada, sequinha, com um tempero muito suave, deu um toque e crocância especial. Também provamos Guacamole – com chips de pão sírio e Falafel com harissa e iogurte seco. Tudo muito gostoso e à apresentação impecável.

Partimos para o prato principal – como diz a própria chef  Christine, “nossos pratos buscam trazer a variedade de sabores e aromas das melhores culinárias globais adaptadas aos ingredientes  locais de Ubatuba, com uma variedades de molhos e acompanhamentos. Não usamos ingredientes transgênicos, nossas farinhas e arroz são orgânicos, e os ovos caipiras. Sempre que possível, usamos hortaliças orgânicas produzidas pela agricultura familiar local e distribuídas pela Rede Agrocológica   Caiçara”. Isso é incrível!

Opções escolhidas:

Caiçara – Peixe do dia temperado com alho, limão e gengibre, grelhado e acompanhado de batata doce e banana da terra assadas, taioba, arroz, feijão, e salada. Muito bem servido, uma fusão de cores e sabores. Vale experimentar o prato!

Curry Tailândes – Peixe do dia cozido no molho de leite de coco com pasta de curry tailandesa, gengibre, capim-limão, e limão, servido com legumes variadas e arroz.

Experimentei ambos os pratos e são tão leves e saborosos que você não para de comer. Temperos na medida certa, como já citei uma fusão de cores e apresentação única e especial.  

Sobremesas:

Em uma mesa muito bem  posta foi apresentado um pouco de cada delicia que a chef Christine Bonnell preparou. Eu confesso a todos que sou 90% salgado no paladar, gosto sim de doce, mas não é o meu forte. Eu me rendi as delicias da chefe e vocês não fazem ideia do que é isso. Eu posso afirmar que fazia muito tempo que não experimentava doces tão delicados e bem feitos como esses.

 

É tudo muito bom e impossível descrevê-los um a um. Se essa chef é talentosa, é muito mais nos doces. Perfeitos! Desde o Bolo Vegano de Cacau com Café e Canela com Ganache de Chocolate que é simplesmente maravilhoso, tanto na maciez, consistência e o sabor. Também a deliciosa Cocada inglesa com flor de laranja e baunilha natural. Ah! os Amanteigados são uma viagem gastronômica. – feitos com creme de limão siciliano e geleias caseiras – eles desmancham na boca de tão suave. Já os Cupcakes de limão com creme de limão siciliano e calda de morango fez muito sucesso também. Resumindo, não vá no restaurante sem experimentar os doces. Honestamente, são os melhores que provei nos últimos tempos. Nada é muito doce, tem equilíbrio na massa, nas porções, apresentação e sabor. Imperdíveis!

SEGUE ABAIXO INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA DE IMPRENSA APROVADA PELO “CONCEITO DE LUXO” PARA DIVULGAÇÃO

A CHEF – Christine Bonnell

A talentosa chef  também dá aulas de culinária natural e saudável e consultoria individuais e em grupo em Ubatuba, São Paulo e nos EUA.

Sua formação eclética – ela é mestre em antropologia cultural, fotógrafa, terapeuta e já morou em vários países – se reflete, de alguma forma, nos seus pratos, todos preparados com muito cuidado e generosas porções de amor. É exatamente essa diversidade de sabores e aromas o que o visitante encontrará no Café Pagu.

SOBRE O CAFÉ PAGÚ

A casa fica na despretensiosa Vila dos Pescadores, um local que surge timidamente como um point gastronômico e cultural acessível e surpreendente para todos os tipos de paladares. O produto principal usado pelo estabelecimento é o peixe, justamente pela proximidade com o mercado de peixe, que fica ao lado. Entre os pratos mais procurados pelos clientes está o Caiçara: que leva peixe do dia temperado com alho, limão e gengibre grelhado, com um toque levemente indiano, e que acompanha batata doce e banana da terra assadas, taioba, arroz, feijão e salada. Outra delícia é o Curry Tailandês, com peixe do dia cozido no molho de leite de coco com pasta de curry tailandesa, gengibre, capim-limão e limão, servido com legumes variados e arroz. Há ainda opções de prato vegetarianos, como o Árabe: falafel servido com salada, arroz, iogurte seco e za’atar (uma mistura de especiarias usada como condimento e originária do Oriente Médio), harissa (molho de pimentão vermelho), molho de manga e berinjela assada. Tudo isso com valores que variam de R$24,00 a R$ 35,00 para pratos individuais.

Por oferecer muitas opções de refeições vegetarianas e veganas, o restaurante é muito frequentado por esse público. “Em geral, as pessoas que nos procuram têm uma relação diferenciada com a comida: querem qualidade e sabor, mas também não abrem mão de produtos orgânicos e frescos. Nosso apoio à agricultura local e solidária veio muito antes do restaurante ser aberto, há quase um ano. Conhecemos a Rede Agroecológica Caiçara, uma iniciativa que pretende colocar os consumidores de Ubatuba em contato direto com os produtores de alimentos sem agrotóxicos e adubos químicos, quando participei de um projeto coletivo de apoio à economia local e solidária ainda como secretário do meio ambiente. Christine e eu tivemos a chance de nos aproximar da rede depois que saí da gestão e decidimos criar produtos artesanais como forma de ter uma renda extra”, recorda Juan. “Assim, valorizar o produtor orgânico local está no DNA do Café Pagu.”

A casa aceita FairCoins, uma criptomoeda baseada na mesma tecnologia do Bitcoin (protocolo blockchain), que viabiliza uma rede global e descentralizada de pagamentos e recebimentos de valores. “Também não utilizamos produtos transgênicos de nenhum tipo, talvez, com exceção, da cerveja industrializada que comercializamos normalmente”, revela o sócio.

 

Café Pagú – R. dos Pescadores, 20 – Centro, Ubatuba – S

Vá e comprove, eu adorei!

Por Luis Guilherme Zenga

Sobre Luis Guilherme Zenga

View all Posts

LUIS GUILHERME ZENGA Jornalista de formação, com 30 anos atuando na área, passou por diversas editorias desde Área Têxtil, Moda, Beleza, Comportamento, Cidades e Entretenimento. Há mais de 20 anos escrevendo nas editorias de Gastronomia, tendo mais de 1.000 estabelecimentos visitados e avaliados. Entre bares, restaurantes etc...Enogastronomia (Vinhos e Cervejas) e Turismo. Editor do Conceito de Luxo - www.conceitodeluxo.com.br e da página do instagram @conceito_deluxo com 22.8 seguidores, orgânico e verificado. No Feed mais de 1.000 avaliações realizadas e comprovadas. Colaborador no GOOGLE MAPS, nível 08 - avaliação de estabelecimentos visitados. Sendo: (Dez milhões de visualizações comprovadas).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*