ESPECIAL MONTE VERDE (MG)

ESPECIAL MONTE VERDE (MG) 

Por Luis Guilherme Zenga

A cidade de Monte Verde que é distrito de Camanducaia MG,  fica situada em um vale no alto da Serra da Mantiqueira, tornou-se famosa por ter um clima muito agradável e apresenta características tipicamente europeias. É uma ótima alternativa para quem procura o clima frio das montanhas e a paz do convívio íntimo com a natureza. Com sua economia voltada basicamente para o turismo, Monte Verde recebe visitantes o ano todo, em especial amantes do turismo ecológico. Contudo, a vila ficou mais conhecida por proporcionar uma atmosfera charmosa e propícia ao romance, o que a transformou em um dos destinos mais procurados por namorados, casais em lua de mel e apaixonados.

O cenário é semelhante aos Alpes suíços com muitas montanhas e o verde magnifico das matas. No inverno, a névoa que encobre toda a região e a fumaça que sobe das chaminés tornam ainda mais vívida a impressão de que estamos em um pedaço dos Alpes. Situada em altitudes que variam entre 1500 e 2000 metros, Monte Verde apresenta um clima frio e seco, característico de regiões montanhosas.

Entre os passeios mais concorridos de Monte Verde estão às caminhadas até as montanhas. Para chegar lá, você pode subir de carro até o ponto onde começam as trilhas. A partir da avenida principal, tanto a Rua da Mantiqueira quanto a Avenida das Montanhas levam até lá. Ou, você pode ir com a empresa (Companhia 4×4) que é muito mais seguro e você tem a companhia do guia que está ao seu lado pra tirar qualquer dúvida do local e do passeio, além de você ter a orientação do melhor local na subida. Os guias são muito atenciosos e vale mais do que subir por conta própria.

O passeio inicia com uma caminhada até o topo da pedra redonda, na sequência, você passa pelo mirante do aeroporto e também na Fazenda Esperança. A Pedra Redonda fica situada na divisa entre Minas Gerais e São Paulo, na Serra da Mantiqueira. E é muito conhecida por ter sido usada pelos soldados durante a revolução de 32, isso porque o local conta com uma vista estratégica para os dois lados. O passeio para Pedra Redonda é muito interessante, bem diferente e a subida da caminhada é muito concorrida por turistas interessados em aventura. A Pedra Redonda é um dos pontos turísticos mais frequentados e um passeio obrigatório para quem visita Monte Verde. Do seu topo temos uma bela vista panorâmica. Esta trilha pode ser feita por adultos e crianças e de preferência na companhia de um guia. Indicação: COMPANHIA 4×4  – contato:(35) 3438-1558 ou 98876-8893 / E-mail: [email protected]

Gastronomia

Espalhados por toda a vila de Monte Verde encontram-se inúmeros restaurantes, casas de chá, lanchonetes e bares, cujos cardápios variam do trivial ao exótico. Como não podia deixar de ser, a culinária local combina a típica cozinha mineira com os pratos de origem europeia.

Entre os diversos restaurantes que existem em Monte Verde, alguns são especializados em comida mineira, enquanto que outros têm seu forte nas receitas baseadas em pratos europeus, tais como a truta e o fondue. Prato clássico da região, o fondue de queijo ou de carne é um item obrigatório no cardápio de qualquer restaurante local.

RESTAURANTE

DICA: Bom Di + Bistrô Mineiro

Eu estive em Monte Verde participando de um “Press Food” a convite do “Bom Di + Bistrô Mineiro” que pertence a Luciane Almeida e gostei muito do restaurante e da comida. A casa é linda, boa música, ambiente aconchegante e o atendimento impecável.

O chef Eduardo Luciano é quem comanda a cozinha e preparou algumas delícias da gastronomia mineira. Entre elas, o prato que participará do próximo Festival Gastronômico de Monte Verde, o Mignon Suíno das Montanhas (filé mignon suíno, molho de pinhão ao whisky e ervas finas, acompanhado por chips de batata doce). O tema do festival será “Sabores e Saberes de Minas”. Realmente o prato é delicioso, a carne na consistência exata e o pinhão da um toque todo especial ao prato. Como comentei com o chef eu apenas trocaria o purê de batata doce para o de mandioquinha. É muito saboroso e digno de um primeiro lugar no festival. 

Além do mais, O Bom di + Bistrô Mineiro reúne pratos sofisticados e, ao mesmo, comida típica mineira, em um espaço aconchegante, com música ao vivo e excelentes cartas de vinhos e cervejas. Vale também conhecer o fondue de legumes, frutas e chocolate e as deliciosas cervejas. E para harmonizar o prato tivemos a deliciosa Cerveja Paulaner de trigo. Que eu particularmente adoro, e  as cervejas deste estilo contém mais trigo e devem sua coloração mais escura ao malte de cevada torrado que compõe o restante da mistura, que não só escurece a bebida como também lhe confere um acentuado caráter de malte, não encontrado nas tradicionais cervejas de trigo.


Compras de Itens Alimentícios

Monte Verde está repleto de lojas de produtos alimentícios de ótima qualidade. Entre os artigos estão chocolates, compotas, geleias, tortas, queijos de diversos tipos, tamanhos e marcas. Vinhos e cachaças artesanais.

HOSPEDAGEM

Monte Verde conta com diversos tipos de Hotéis, Pousadas, Casas e Chalés para alugar e algumas hospedagens. Na cidade você encontrará uma série de hotéis e hotéis fazenda localizados tanto nas imediações do centro de Monte Verde quanto nas montanhas. Também um grande número de pousadas, das mais simples às mais sofisticadas e com diferentes graus de conforto, tanto na vila quanto nas imediações. Existem também em Monte Verde uma grande variedade de casas e chalés para aluguel em finais de semana ou temporada; alguns locais incluem café da manhã nas diárias. E Também as Hospedagens em casas de família que alugam o chalé ou, os quartos com banheiro e com direito ao café da manha.

Eu particularmente optei por este tipo de hospedagem por nunca ter ficado. É muito interessante e diferente, você tem a sensação de estar na casa de um parente próximo e o carinho dos proprietários com os hospedes é único e especial. Vale muito a pena, é excelente, você se senti em casa. A comida é deliciosa, o atendimento e a atenção são especiais. Vou nesta matéria indicar duas hospedagens que tem um preço muito bom e você não vai querer ir embora. Tivemos também o apoio da AHPMV (Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde).

1 – TOCA DOS COELHOS – HOSPEDAGEM & ESTÚDIO MUSICAL – MONTE VERDE M/G

A Toca dos Coelhos é uma hospedagem que tem cara de casa, jeito de casa, com proprietários que são quase que seus familiares, de tanta atenção e carinho. É muito bom, você é recebido de forma amável e fica tão a vontade que tem a sensação de estar em sua própria casa ou, visitando um parente próximo como já citei. Você tem o gostinho do feijão caseiro, a bisteca, a pinga da região e além do mais, tem o proprietário Renato que é musico e produtor musical fazendo um pequeno show pra você.     

A toca dos Coelhos foi idealizada pelo jornalista / produtor cultural Renato Coelho e por sua esposa e empresária Soraya Bland Coelho. Na verdade, trata-se de uma “casa no campo” muito aconchegante no coração da Mantiqueira que conta com home estúdio de gravação para quem curte natureza, arte, cultura e deseja gravar sua obra nas montanhas das Gerais, prosear ou apenas descansar.

Localizada a 800 mts do centro comercial de Monte Verde, a casa conta com dois quartos, sala, cozinha, wc, churrasqueira e um amplo jardim com redes para descanso.

Já o estúdio, segundo Renato, é um projeto antigo que agrega ao visitante e se tornou um diferencial em Monte Verde. “Como ele mesmo diz, gravo e produzo bandas e programas de  rádio para mídias e músicos de fora da Vila, eu aproveito para produzir e gravar trabalhos amadores e profissionais, por exemplo: Um turista que tem como hobby a música e quer gravar um trabalho como distração para ter seu próprio registro ou para artistas e músicos profissionais que desejam se inspirar no bucolismo que envolve a Toca e passar alguns dias criando e pré-produzindo seu disco / EP”, explica Renato. “Elaboramos também videoclipes, projetos radiofônicos como programas, boletins, spots e tudo que envolve o universo audiovisual. Esses trabalhos são independentes a locação da casa”, acrescenta.

 

Vá e comprove, eu me hospedei e adorei!

TOCA DOS COELHOS

www.facebook.com/tocadoscoelhosmonteverde

[email protected] – Fone: (35) 98885-7250

2 – MORADA RANCHO DA LUA – MONTE VERDE – MG

Essa Hospedaria pertence a Nico Pereira de Queiroz, que ama e conhece Monte Verde há 49 anos, é morador da vila há 19 anos, e desde então, trabalhando neste segmento (pousadas). Já sua esposa, a simpática e excelente cozinheira Regina Ribeiro, trouxe do norte de Minas a sabedoria e o sabor da legítima cozinha mineira feita no fogão à lenha.   

A Historia desses dois é linda, ambos se conheceram, se apaixonaram e criaram a MORADA RANCHO DA LUA. Na verdade, a morada é a união perfeita entre a boa hospedagem e a gastronomia dos deuses.

 

 

 

Como funciona: A Morada Rancho da Lua recebe dois casais em duas suítes completas, que ficam em suas dependências, em sistema Bed & Breakfast. Os hóspedes interagem com o ambiente da casa, que conta com amplas salas com lareira, lindo jardim e bela vista da varanda, onde fica o espaço gourmet. Ah! aceita pets de pequeno porte.


Obs: Também existe a possibilidade de receber grupos para almoços e jantares marcados com antecedência. O ambiente é de total descontração, amizade e alegria, clima de alto astral garantido pela simpatia dos proprietários e pelas coleções de discos de vinil, DVDs de shows raros e as histórias que Nico coleciona depois de muitos anos de jornalismo de música, produção de shows e convivência com os grandes artistas brasileiros.

De tempos em tempos, a Morada Rancho da Lua se transforma na NICO BLUES HOUSE, em noitadas que trazem o melhor do Blues nacional, ao vivo e à cores.

Vá e comprove, eu adorei!

MORADA RANCHO DA LUA

Rua do Luar, 1194 – Aeroporto

Monte Verde – MG

[email protected]

Tel. 35-34382465 e Whatsapp 35-992045102

O “Press Food” foi realizado pela agência Newsfacto Comunicação Corporativa/Reginaldo Pupo a convite do  “Bom Di + Bistrô Mineiro” que pertence a Luciane Almeida e o apoio da AHPMV (Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde).

 

 

Sobre Luis Guilherme

View all Posts

Luis Guilherme Zenga, Jornalista, 20 anos com passagens por diversas editorias desde Área Têxtil, Moda, Beleza, Cidades, Entretenimento e há 10 anos apaixonado pela editoria de Gastronomia e Turismo. Criei o Conceito de Luxo Magazine, por ter a cobrança de meu leitor em dar a minha opinião pessoal sobre as matérias que escrevo nos veículos que atuo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*