GELATINA, SEUS BENEFÍCIOS & DR.OETKER

A Dr. Oetker enviou para o Conceito de Luxo suas gelatinas para serem testadas e degustadas da melhor forma criativa possível. Eu já conhecia a marca, uso alguns produtos e a gelatina é uma paixão. Eu sempre dou um toque criativo que pode servir de dica pra você fazer para os seus convidados. Preparar gelatina não requer talento algum, basta seguir a medida de água da caixa e está pronta. Dica: eu usei bolinhas de chocolate pra decorar e dar um toque diferente na minha sobremesa, fica gostoso, criativo e dá um toque especial.  

 

 

 

O PRODUTO – GELATINA

As Gelatinas com Frutas e Vegetais da Dr. Oetker são fontes de  vitaminas (A, C, D e E) e minerais (selênio e zinco). Com zero açúcar e adoçadas com sucralose, elas são feitas à base da polpa de frutas e vegetais o que confere às gelatinas combinações de sabores deliciosas  como  “Abacaxi, hortelã, gengibre e couve”; “Tangerina, capim santo,  limão siciliano, cenoura e berinjela” e “Cranberry, mirtilo, morango,  beterraba e berinjela”, inspiradas nos conceitos detox e antiox, que  têm ganhado bastante atenção do público ultimamente.

Benefícios da Gelatina

Quais são os reais benefícios da gelatina para a saúde?

Controlar a alimentação, fazer exercícios e contar calorias são parte fundamental de qualquer programa de perda de peso, mas manter uma dieta com proteínas de qualidade também é essencial para quem precisa emagrecer. Isso porque, tão importante quanto cortar determinados alimentos do cardápio (como doces, frituras e refrigerantes), é incluir na alimentação diária proteínas de alto valor nutritivo que aumentam a saciedade com poucas calorias.

E quando falamos em proteínas com baixo valor calórico não podemos deixar de lado a gelatina. O alimento é uma excelente fonte de colágeno e outros aminoácidos essenciais não apenas para a pele como também para todo o corpo.

A gelatina nada mais é do que uma substância naturalmente incolor normalmente obtida a partir do cozimento de determinados tecidos animais, como a pele e a cartilagem bovina.

Obtém-se a gelatina a partir da hidrólise parcial do colágeno, a proteína que dá sustentação à pele e participa da estrutura dos ossos e tendões.

Ágar-Ágar

Além da tradicional gelatina de origem animal, também existe um tipo obtido a partir de determinadas algas marinhas. Trata-se do ágar-ágar, uma substância existente em algumas algas vermelhas e que apresenta sabor neutro.

Como possui origem vegetal, a gelatina de ágar-ágar tem composição nutricional diferente da gelatina convencional, e também não necessita de resfriamento para endurecer. Mas, assim como a gelatina obtida a partir de tecidos animais, o ágar-ágar é uma ótima fonte de colágeno na dieta e pode ser utilizado por vegetarianos.

Uma suplementação da proteína é então mais do que necessária para repor as perdas naturais da idade. Como é rica na proteína de origem animal, a gelatina serve para manter a saúde da pele, ossos, cabelos e unhas.

Consumir gelatina regularmente também pode colaborar para a perda de peso, manutenção do tônus muscular e ainda evitar o surgimento das indesejadas celulites e estrias. O colágeno é ainda indispensável para o processo de cicatrização.

O colágeno é a proteína mais abundante do corpo humano, constituindo cerca de 25% de toda a proteína corporal. É ele o principal elemento fibroso dos ossos, pele, dentes e tendões. Sua principal função é garantir a elasticidade e a sustentação da pele, das cartilagens, dos ossos, dos ligamentos e dos tendões. O nutriente é constantemente reposto em nosso corpo através do consumo de uma alimentação rica nos aminoácidos glicina, prolina e hidroxiprolina e em vitamina C.

Além da gelatina, os peixes, ovos, frango carnes vermelhas com baixo teor de gordura e o gérmen de trigo são alguns dos alimentos que promovem a síntese a colágeno devido ao seu alto teor proteico. Como são fontes de vitamina C, as frutas cítricas também devem estar presentes na alimentação para favorecer a formação de colágeno.

Gelatina x Colágeno

Uma dúvida bastante comum é quanto à diferença entre a gelatina e o colágeno. Enquanto o colágeno comercializado em casas de produtos naturais está na forma pura, a gelatina que encontramos no supermercado tem um teor menor da proteína em sua composição.

De cada 100 gramas de gelatina que você consome, apenas 10 gramas são formadas por proteínas, e destas apenas 5 gramas são de colágeno.

Já o colágeno pode ser encontrado na forma pura, sem corantes e aromatizantes. É também possível adquirir o colágeno hidrolisado. Isso significa que a proteína passou por um processo que “quebrou” suas moléculas (hidrólise). Com isso, o colágeno é mais facilmente absorvido e aproveitado pelos tecidos do corpo.

Propriedades da gelatina

A gelatina se destaca tanto pelo seu alto valor nutritivo quanto pelo baixo teor de calorias. Uma porção de 12 gramas (equivalente a um envelope) de gelatina sem sabor e sem açúcar fornece aproximadamente 10 gramas de proteína e apenas 42 calorias.

Já a gelatina com açúcar contém 380 calorias por porção de 100 gramas de pó. A mesma quantidade de gelatina diet contém 1,4 gramas de proteína e apenas 7 calorias.

Outros nutrientes da gelatina: vitaminas A, C e D, zinco, selênio e sódio. A gelatina fornece ainda 9 dos 10 aminoácidos essenciais (a substância não é fonte de triptofano) e não contém gordura ou colesterol.

Benefícios da Gelatina – Para que serve e propriedades

O consumo regular de gelatina traz uma série de benefícios para o corpo, sendo os principais:

Gelatina não emagrece, mas pode ser considerada um excelente alimento para as dietas para perder peso. Além de trazer saciedade com poucas calorias, a gelatina é ainda uma fonte de proteínas. Essas propriedades da gelatina garantem um maior controle do apetite, já que a gelatina é volumosa e suas proteínas retardam a digestão. O resultado é uma diminuição da vontade de comer, uma vez que o estômago permanece preenchido por mais tempo.

O maior controle do apetite promovido pela gelatina pode também estar relacionado ao GLP-1, ou peptídeo semelhante ao glucagon. Secretado por células intestinais, o hormônio está ligado aos mecanismos de saciedade.vUm estudo publicado em 2008 no periódico “Eating and Weight Disorders” sugere que os níveis de GLP-1 aumentaram significativamente quando pacientes obesos consumiam gelatina.

É claro que a gelatina não faz milagres, sendo portanto necessário que seu consumo venha acompanhado de uma dieta hipocalórica e rica em verduras, legumes e cereais integrais.

Além de atuar para a manutenção do tônus muscular, a gelatina também serve como fonte de aminoácidos importantes para a construção de massa magra. Ainda que não contenha triptofano e seus níveis de metionina deixem a desejar, a gelatina chega a fornecer mais de 20% da ingestão diária recomendada de proteína (levando-se em consideração um consumo de 12 gramas de gelatina em pó para um adulto de 60 kg).

O fato de não ser uma proteína completa significa que você deverá ter outras fontes de proteína na dieta para ganhar massa muscular, mas a gelatina pode ser uma alternativa para quem procura variar as fontes proteicas na dieta.

Outro benefício da gelatina no ganho de massa muscular se deve à atuação do aminoácido L-glutamina. Presente em grande quantidade na gelatina, a L-glutamina ajuda a elevar os níveis de hormônio do crescimento (HGH). Este por sua vez estimula a síntese de proteínas necessárias para a hipertrofia muscular.

Vamos de Gelatina Dr. Oetker?

Por Luis Guilherme Zenga

Sobre Luis Guilherme

View all Posts

LUIS GUILHERME ZENGA – Jornalista de formação, com 25 anos atuando na área, passou por diversas editorias desde Área Têxtil, Moda, Beleza, Comportamento, Cidades e Entretenimento. Há 15 anos escrevendo nas editorias de Gastronomia, como crítico gastronômico, Enogastronomia (Vinhos e Cervejas) e Turismo Gastronômico. Colaborador no GOOGLE MAPS, avaliando Restaurantes visitados e tendo mais de (Cinco milhões e trezentas mil visualizações comprovadas) até a data de 01/2019.

2 Comentários sobre este post

  1. Parabéns pelas explicações detalhadas
    Mais um Bom motivo para consumir a gelatina otker
    Não sabia que tinha gelatina de vegetais
    Abraços

    Vania Maria / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*