I FEIRA DE GASTRONOMIA ARTESANAL DE PRODUTOS PAULISTAS

DEGUSTAÇÃO E VENDA DOS MELHORES QUEIJOS, FRIOS, EMBUTIDOS, PÃES, AZEITE, DOCES, GELÉIAS, VINHO, CACHAÇA, ENTRE MUITOS PRODUTOS REUNIDOS NUMA FEIRA DE NATAL.

Promovida pela APQA, Associação Paulista do Queijo Artesanal em parceria com a Associação Paulista de Charcutaria, acontece nos dias 15 e 16 de dezembro a I Feira da Gastronomia Artesanal, onde estarão reunidos produtos artesanais de várias regiões do Estado de São Paulo.
A Feira será no espaço da Escola Nova 4E – Escola Associativa para Crianças com deficiência intelectual e Síndrome de Down na Mooca e a entrada de R$ 10,00 será revertida em benefício da própria entidade que está cedendo o espaço.

O objetivo da Feira, que está organizada pelos próprios produtores, é dar a oportunidade ao pequeno produtor de divulgar o seu produto artesanal de alta qualidade ao consumidor, que busca qualidade alimentar em produtos sem conservantes e com sabores diferenciados. Ali o visitante poderá degustar e comprar produtos que não se encontram normalmente no mercado.

presidente da Associação Paulista do Queijo Artesanal, Christophe Faraud complementa: “É a oportunidade da aproximação do produtor com o consumidor, para contar a sua história e do cuidado que existe no desenvolvimento dos produtos. Estamos sempre pensando em segurança alimentar, do pasto ao prato. A comida artesanal é a solução para a boa saúde!”

A Feira acontece numa boa época às vésperas das festas, oferecendo uma ótima gama de produtos gastronômicos para compor as mesas de Natal ou presentear com cestas personalizadas preparadas pelos participantes:
Queijos regionais de vários produtores do Estado de São Paulo, entre eles: Maria Fumaça – produz charcutaria artesanal, pimentas defumadas e geleias de pimenta, com muita paixão, materia prima e insumos selecionados. Produz na região de Itapecerica da Serra e tem como destaque as salsichas defumada, Weisswurst e Mettwurst.

 

Don Bacon – Bacon artesanal: peça bem carnuda, temperada com sal, açúcar mascavo, pimenta-do-reino e cravo. Muito mais gostoso que a versão “normal”
Chocolate bacon: temperamos as barrigas de porco com cervejas artesanais do tipo chocolate porter! O resultado é um bacon macio, levemente salgado e com um toque de chocolate, que combina muito bem com cervejas escuras.
Bacon de pato: magret bem macio e suculento, leva os mesmos temperos do nosso bacon artesanal. O sabor, porém, é muito diferente!
Salmão defumado: curado com sal, açúcar, gim e zimbro, tem um leve toque alcoólico e é ideal como petisco para acompanhar um gim tônica ou em uma bagel com bastante cream cheese e dill.
– Santa Luzia – a queijaria funciona na própria fazenda há quase vinte anos. É a primeira queijaria artesanal do Estado de São Paulo, e foi regulamentada pelo SISP em 2001. Entre suas especialidades será possível conhecer os queijos Tropeiro e o Simental, respectivamente quatro vezes medalha de ouro e de prata no Prêmio Queijo Brasil.
– Trem da Terrinha – destaque para os queijos trufados, o Trufado Goiabada – Queijo fresco de leite pasteurizado com menos sal, recheado com goiabada própria do Trem da Terrinha: 20 kg de polpa com 2kg de açúcar, sem conservantes – único queijo trufado a ser premiado no Prêmio Queijo Brasil.
– Christophe e Zeide – que imprimem inspiração francesa em seus queijos especiais feitos com leite cru de vaca: Coração da Serra (da familia do Brie e Camembert), Mimo da Serra (familia do Tomme de Savoie e Saint Nectaire), Manacá da Serra(da família do Reblochon) e ainda o Cambará da Serra e Curió da Serra.
– Quinta da Ceia – situada em Casa Branca, interior de São Paulo, produz deliciosos queijo de cabra e no evento oferecerá kits com vários produtos diversificados como opção de presente.
– Estância Silvania – queijos 100% Beta Caseína A2 de seleção de Gado Leiteiro Gir. É a queijaria mais premiada do Brasil.
– Queijos de búfala estarão representadas com o Selo de Pureza do Programa de Certificação ABCB, destinado ao setor de derivados do leite de búfala (queijos e outros – manteiga, requeijão, ricota etc). Este Programa de Certificação tem a outorga do Ministério da Agricultura.
Navarro, presidente da Associação Paulista de Charcutaria e sócio fundador da Curato, primeira Escola de Charcutaria Artesanal, explica que Charcutaria é sinônimo de salumeria e embutidos artesanais de alta qualidade, tais como linguiças com baixo teor de sódio e gordura, salames, bacon e conservas, entre outros excelentes produtos.“Conceituadas empresas hoje produzem uma criativa charcutaria artesanal e estarão expondo suas novidades na Feira”, ressalta.
Exemplo disso é a Linguiçaria Real Bragança, comandada pela Chef Patrícia Polato, formada pelo Senac e especialista em carnes pelo Senai, é a décima geração de mulheres na família de origem italiana, que desde 1763 conta uma história de mulheres habilidosas e criativas, cuja produção de embutidos e curados conta com a tradição em inovar!
Linguiças frescas com especiarias, mel e queijos no recheio, linguiças curadas com frutas, defumadas com galhos de goiabeira… presuntos de paleta e muitos outros sabores e aromas!
Um dos produtos Real Bacon, é produzido com barriga de Porco Caipira criado solto, alimentado com frutas. Produzido com técnicas tradicionais, leva algumas semanas para curar, livre de sais de cura. Fica 72 horas em defumação a frio com fumaça de goiabeira e é envolvido por melaço de cana e especiarias.

Doces deliciosos artesanais da mais alta qualidade:
Mbee – seu mel de terroir é da Fazenda Itaicá, em Atibaia, repleta de platôs de pedras, onde são produzidos mais de 5 tipos de mel de abelhas nativas, além do mel de abelhas afro europeias: Apis, Jataí, Mandaçaia, Uruçu Amarela, Uruçu Boca de Renda, Borá, Tiúba, Manduri e Emerina. A partir de junho, Mbee passou a ser a primeira empresa do Estado de SP a possuir autorização para comercialização de seus meles nativos em todo território nacional.
Douceur do Céu – produz geléias artesanais de frutas orgânicas na tradição da familia francesa de Florent Prevost, aproveitando a exuberância da flora brasileira.
A produção é regulada pelas estações do ano e seus frutos. A cada temporada, uma receita exclusiva. Seu compromisso é extrair o máximo de sabor de ingredientes sazonais e orgânicos, respeitando a safra local. Trabalhamos exclusivamente com frutas de pequenos produtores e açúcar orgânico, sem adição de conservante. A produção é natural e artesanal. Vale experimentar a de Pera com manjericão, a de Limão Siciliano com alecrim e a de Lichia, Manga e Capim Santo, entre outras.
Doce Revolução – Um casal franco-brasileiro montou um laboratório de pesquisa de cacau nativo e de brincadeiras doces saudáveis na Serra da Mantiqueira. Produzem chocolates “extraordinários” e barrinhas energéticas com base de tâmara, frutas e castanhas. Selecionam ingredientes com toda transparência, veganos e orgânicos. Os produtos são sem conservantes, sem lactose, sem emulsificantes, sem açúcares refinados e sem óleos vegetais refinados, ou seja, Natural!

Outros produtos poderão ser conhecidos:
Pane di Giane – Tentadores pães artesanais com diversos sabores: pão de abóbora, de beterraba, multigrãos, de chocolate com cramberries e outras delícias.
Oliq Azeite – o cultivo de oliveiras reuniu três produtores que fundaram a Oliq. Para eles a excelência da produção está também ligada à preservação da Serra da Mantiqueira, ao incentivo da agricultura e desenvolvimento local.
Kom – produz Kombuchá, uma bebida probiótica feita a partir do chá preto, que pode ser saborizada com frutas.
Ainda estarão presentes: Limar Comida Árabe- receitas típicas feitas por refugiados sírios, Lica Tasty Antepastos e Geléias 100 % naturais, Casa do Bolo de Rolo, Pavan Cachaças, Tábuas Tupiniquim de madeira e Facas Sartor Artesanais, entre outros.

SERVIÇO:
Endereço: Escola Nova4E – Rua Bresser, 2701 – http://nova4e.org.br/
Horário do evento: dia 15 – Sábado de 11h as 20h E dia 16 – Domingo de 10h as 19h.
Ingresso: no local.
Formas de pagamento: dinheiro ou cartão de débito ou crédito
Estacionamento:
Sábado – espaço público gratuito – em frente à Escola.
Sábado e domingo – estacionamento na Rua dos Trilhos 1327 – R$ 15,00.

Da redação

Sobre Luis Guilherme

View all Posts

LUIS GUILHERME ZENGA – Jornalista de formação, com 25 anos atuando na área, passou por diversas editorias desde Área Têxtil, Moda, Beleza, Comportamento, Cidades e Entretenimento. Há 15 anos escrevendo nas editorias de Gastronomia, como crítico gastronômico, Enogastronomia (Vinhos e Cervejas) e Turismo Gastronômico. Colaborador no GOOGLE MAPS, avaliando Restaurantes visitados e tendo mais de (Cinco milhões e trezentas mil visualizações comprovadas) até a data de 01/2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*