“LIGAÇÕES SABOROSAS” com o Chef LAURENT SUAUDEAU

“LIGAÇÕES SABOROSAS” com o Chef LAURENT SUAUDEAU

Por Luis Guilherme Zenga

Em se tratando de queijos nada mais delicioso do que a grande variedade de queijos franceses. E sabemos que a França é o país dos 300 queijos, existindo várias famílias de queijos, muitas vezes catalogadas em função da sua firmeza e da consistência da sua crosta. Queijos de pasta mole com crosta bolorenta, queijos de pasta prensada não cozida, queijos de pasta dura, enfim uma farta variedade.
 
O queijo chega à sua forma definitiva depois de se extrair o lactosoro do coalho. Obtém-se então queijo de pasta mole, semidura ou dura, em função do teor de umidade.
 
O queijo de pasta mole, o queijo mais untuoso, provém de um coalho com elevado teor de lactosoro. O queijo de pasta dura caracteriza-se por um teor de umidade mais baixo, podendo ser inferior a 40 %. O queijo velho perdeu ainda mais umidade durante o seu longo período de maturação, pelo que é seco e friável. Já os queijos de pasta prensada, não cozida para os quais o coalho é espremido e deixado em processo de maturação: cantal, saint-nectaire, bethmale, salers, morbier, reblochon…ah!! os queijos de pasta prensada semicozida: abondance, pyrénées.
 
Já os chamados queijos de «pasta mole» não são nem aquecidos nem prensados durante a sua confecção. A pasta fica untuosa, chegando até a ser fundente quando o queijo atinge o estado de maturação completo. Os queijos de pasta mole com crosta bolorenta: camembert, carré de l’Est, brie, coulommiers, neufchâtel… todos estes queijos têm a superfície recoberta por um bolor comestível que leva ao aparecimento de uma crosta «bolorenta» durante o processo de maturação em cave. E foi em uma saborosa degustação, aula e apresentação promovidas pelo renomado chef francês Laurent Suaudeau, em sua prestigiada escola. A iniciativa é parte importante do conjunto das ações promovidas pelo CNIEL (Centre National Interprofessionnel de l’Économie Laitière), responsável pela campanha
“Queijo Não, Fromage Sim!”.
 
Bom, a campanha pretende ampliar, estimular e fidelizar o conumo do produto entre os consumidores brasileiros.
 
 

Sobre Luis Guilherme Zenga

View all Posts

LUIS GUILHERME ZENGA – Jornalista de formação, com 25 anos atuando na área, passou por diversas editorias desde Área Têxtil, Moda, Beleza, Comportamento, Cidades e Entretenimento. Há 15 anos escrevendo nas editorias de Gastronomia, como crítico gastronômico, Enogastronomia (Vinhos e Cervejas) e Turismo Gastronômico. Colaborador no GOOGLE MAPS, avaliando Restaurantes visitados e tendo mais de (Cinco milhões e trezentas mil visualizações comprovadas) até a data de 01/2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*