QUEIJO CRUZÍLIA * QUEIJO SANTO CASAMENTEIRO

QUEIJO CRUZÍLIA * QUEIJO SANTO CASAMENTEIRO

O Conceito de Luxo recebeu da Queijos Cruzília este queijo para ser degustado, analisado, e a proposta foi o veículo dar sua opinião sobre o produto. Eu experimentei o queijo e realmente fiquei perplexo com a qualidade deste produto. É delicioso, suave e acompanha muito bem um bom vinho. Na verdade eu não conhecia os produtos da Cruzília e gostei demais da qualidade. Posso afirmar que a muito tempo um queijo não me surpreendia tanto. Ah! além de ser muito chique servi-lo para seus convidados em um Petit Comité, basta você preparar uma bela tábua, pão italiano e uma boa taça de vinho. Viva a Cruzília!  

 

 

Fabricada por Queijos Cruzília, receita premiada na América Latina e na França reúne Azul de Minas (exclusivo queijo de mofo de terroir nacional), cream cheese, nozes e damascos. Trata-se de um produto de mofo de sabor bastante agradável, o que faz dele uma opção versátil para todos os paladares tanto no inverno quanto no verão.Criado por Queijos Cruzília para ser um queijo único, Santo Casamenteiro promete ser uma opção diferenciada também quanto às ocasiões de consumo e de público-alvo. Fruto de uma receita exclusiva premiada na América Latina e na França, ele reúne Azul de Minas (exclusivoqueijo de mofo azul de terroir nacional), cream cheese, nozes e damascos.

Por apresentar um sabor menos acentuado do que os outros queijos de mofo azul é companhia ideal para vinhos brancos como Chardonnay e Sauvignon Blanc; espumantes Brut e vinhos do Porto. Com isso, se destaca como uma opção versátil tanto nos dias quentes quanto nos frios e, especialmente, para ser consumido num país como o Brasil no qual o inverno tende a ser mais ameno. Segundo a empresa, tais características tornam Santo Casamenteiro uma iguaria mais atraente para o público feminino cujo paladar é menos acostumado em relação a queijos de mofo. Mas eu particularmente não vejo desta forma, é um queijo que agrada muito aos paladares masculinos e femininos, sem a menor dúvida!

Importante destacar também a conexão existente entre o queijo e seu padroeiro: Santo Antonio. Afinal, Santo Casamenteiro surgiu com a proposta de promover uma combinação ideal entre ingredientes, textura e sabores e para celebrar a união entre as pessoas pelo amor. Há indícios de que ele, de fato, estaria sob a proteção do santo. Em 13 de junho, Santo Casamenteiro ganhou a medalha de Prata, no 3º Salão Mundial do Queijo e Produtos Lácteos 2017 de Tours, na França.

O evento bianual contou com a participação de 650 variedades de queijos, de 190 expositores, que foram avaliadas por 125 jurados especializados no concurso internacional de Melhor Produto (Produit Laitiers). Paralelamente também foi realizado o concurso internacional de Melhor Queijeiro.

Outro diferencial do queijo Santo Casamenteiro é a embalagem skin pack à vácuo. Tendência na Europa, ela alia apresentação e aumenta o shelf life, que é de 90 dias no ponto de venda. Após a abertura, deve ser consumido em até três dias.

Santo Casamenteiro integra o portfólio da linha de queijos exclusivos da Cruzília. Em sua fabricação estão misturados processos industriais e artesanais, caso da enformagem que é realizada manualmente.

Prêmios Anteriores do Queijo Santo Casamenteiro:

Produto Alimentício Mais Inovador do FI Innovation Awards 2016/20ª Food Ingredients South America – FiSA

Destaque Especial do 41º Concurso Nacional de Produtos Lácteos, Minas Láctea 2015/Instituto de Laticínios Cândido Tostes de Juiz de Fora (MG)

Sobre Queijos Cruzília: Fundada no fim dos anos 1980, a empresa produz duas dezenas queijos finos, cotidianos e criações próprias, divididas em três linhas: “Cruzília Todos os Dias”, “Cruzília Reserva” e os queijos exclusivos: “Azul de Minas”, “A Lenda” e “Santo Casamenteiro”. A distribuição é nacional por meio das principais redes varejistas (Grupo Pão de Açúcar, Carrefour, Walmart, St. Marché, etc.), e empórios (Casa Santa Luzia e Eataly), além de lojas próprias no Mercadão Municipal de São Paulo e na cidade de origem Cruzília (MG). Atende também aos Atacados e ao Food Service com rede de distribuidores.

www.cruzilia.com.br

Experimente, eu adorei!

Por Luis Guilherme Zenga

Sobre Luis Guilherme

View all Posts

Luis Guilherme Zenga, Jornalista, 20 anos com passagens por diversas editorias desde Área Têxtil, Moda, Beleza, Cidades, Entretenimento e há 10 anos apaixonado pela editoria de Gastronomia e Turismo. Criei o Conceito de Luxo Magazine, por ter a cobrança de meu leitor em dar a minha opinião pessoal sobre as matérias que escrevo nos veículos que atuo.

2 Comentários sobre este post

  1. Consegui provar esse queijo. É maravilhoso! Inesquecível para qualquer amante de queijo… Quero mais e sem atravessadores.. Quero saboreá-lo em Cruzília, terra natal do casamenteiro…

    Claudia Regina Coelho Pereira / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*