RESTAURANTE TABERNA SAGRES * MOOCA/SP 

AVALIAÇÃO CONCEITO DE LUXO

A Taberna Sagres  fica no bairro tradicional da Mooca, Zona Leste da Capital Paulista. O Conceito de Luxo foi convidado para conhecer a casa. Eu estive jantando no restaurante, em uma ação da Cervejaria  Paulaner e fiquei muito surpreso com a qualidade da comida. 

Na verdade, é um restaurante bem familiar onde os três irmãos que já são a segunda geração estão na direção da casa e já preparando a terceira geração da família que está começando a ter conhecimento do império que os espera. 

A casa é bonita, decoração em madeira e posters da época fazem você viajar no tempo. Tudo é muito agradável,  aconchegante e você vê nas mesas a felicidade dos clientes cativos de muitos anos da casa.

A  Taberna Sagres tem uma cozinha Ibérica, reunindo os sabores de Portugal, Espanha e Itália, com raízes familiares, e o trabalho focado em bacalhau, massas e pães artesanais.

Cozinha típica da Mooca, com opções de pratos portugueses, espanhóis e italianos, pães artesanais, massas caseiras e muitas opções, além de vinhos e cervejas especiais. 

Ao lado do restaurante tem um enorme empório que foi o começo de tudo,  lá você encontra infinitos rótulos de bons vinhos e especiarias no geral, massas fresquinhas, laticínios e muitos tipos de frios, bacalhau e queijos maravilhosos. 


Em meu jantar eu provei o delicioso Wiesbaden (Joelho de Porco) . O joelho de porco é uma das comidas típicas da Alemanha que não se pode deixar de provar. Muita gente acredita que ele é muito gorduroso e deixa de provar essa delícia da culinária alemã por causa disso. Na verdade, o joelho de porco possui sim uma camada de gordura que o envolve e algumas gordurinhas na sua carne, mas quando vai ao forno ou é posto sobre a grelha da churrasqueira para assar, essa gordura derrete trazendo um grande sabor para carne deixando-a mais macia e suculenta. 

(fica parecendo com o toucinho / torresmo de porco que tanto adoramos comer). Eu adorei!

Já a sobremesa eu provei uma excelente (torta de chocolate) feita na própria casa diariamente. Imperdível!


Tudo foi harmonizado com a deliciosa Cerveja Paulaner.

SOBRE A CASA SAGRES
O casal Orlando e Ana Gomes, recém chegados de Portugal, juntamente com seu filho Carlos, foram trabalhar como feirantes na zona leste de São Paulo. Vendiam frios para sobreviver e dar uma vida digna para Carlos e seus outros filhos Fernando e Fátima. Após muitas dificuldades, em 1992 nascia a Casa Sagres.
Inicialmente era uma pequena mercearia no bairro da Mooca. Lá vendiam frios, queijos, bacalhau e pertences para feijoada. Dona Ana, sempre caprichosa, criava cestas de produtos e patês especiais para seus clientes.
E assim a Casa Sagres permaneceu firme, conquistando uma clientela fiel em toda a região do bairro.  Em 2007, com o falecimento do Sr. Orlando Gomes da Silva, seu filho Carlos assumiu a Casa Sagres, juntamente com Dona Ana.
Com a diversificação dos produtos à venda, aquela pequena mercearia na esquina da rua Natal com a rua Campo Largo começou a se destacar. Cada vez mais rótulos de vinhos se faziam presentes, vindos dos mais importantes centros produtores do mundo: França, Portugal, Chile, Argentina, África do Sul, dentre outros países. Somado a isso, azeites e azeitonas das melhores procedências, juntamente com o melhor bacalhau do Porto ganharam ainda mais espaço.
Hoje a Casa Sagres expandiu, triplicando sua área física sem perder sua identidade, aumentando ainda mais sua oferta de produtos como temperos, molhos, bebidas e outras delícias importadas.

Taberna Sagres  
R. Natal, 943 – Vila Bertioga, São Paulo

Vá e comprove, eu adorei!

Por Luis Guilherme Zenga

Sobre Luis Guilherme Zenga

View all Posts

LUIS GUILHERME ZENGA – Jornalista de formação, com 25 anos atuando na área, passou por diversas editorias desde Área Têxtil, Moda, Beleza, Comportamento, Cidades e Entretenimento. Há 15 anos escrevendo nas editorias de Gastronomia, como crítico gastronômico, Enogastronomia (Vinhos e Cervejas) e Turismo Gastronômico. Colaborador no GOOGLE MAPS, avaliando Restaurantes visitados e tendo mais de (Cinco milhões e trezentas mil visualizações comprovadas) até a data de 01/2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*